Passeio completo, esporte fino? Deciframos a roupa de festa

Flares Twitter Facebook Flares ×

Você acaba de receber um convite. No rodapé do ilustre pedacinho de papel está escrito Passeio Completo e o pânico já começa a tomar conta do seu rosto e do seu guarda-roupas. Apesar do grande clima de informalidade que impera no Brasil, a boa educação e a etiqueta, além do respeito para com a pessoa que lhe fez o convite, devem ser o principal fator a se considerar. Para evitar deslizes e aquele mal estar generalizado, preparamos um guia rápido para você decifrar os códigos de roupa de festa. 

1. Traje Esporte

Se o convite diz “traje esporte”, significa que o evento é mais descontraído. Você pode optar por um jeans com camisa social, uma combinação de calça de sarja ou jeans com t-shirt e blazer, ou mesmo um paletó menos formal. Um sapato casual de couro (o tal sapatênis), camurça ou tênis branco fica ótimo nessa ocasião.

roupa-de-festa-esporte

2. Esporte Fino, Passeio (ou Tenue de Ville)

Apesar do nome em francês, o traje é mais relaxado do que você imagina. Se o evento for antes das 18hs, vale um costume claro, com ou sem gravata, ou um blazer escuro usado com calça clara e camisa sem gravata. Mas se o evento for mais tarde, deixe de lado o costume claro. Eventos a noite pedem trajes de cor escura, com ou sem gravata.

roupa-de-festa-4

Leia também: Saiba a diferença entre terno e costume

Aqui, vale uma nota preciosa: nem tudo na vida é gravata e camisa social, quando se trata de roupa de festa. Em vez disso, você pode escolher uma camisa de gola rolê e usá-la com paletó, pode optar por colocar uma calça Chino com camiseta de manga longa e um paletó esporte… Um bom jogo de cores, às vezes, faz mais pelo traje do que uma gravata, numa combinação inadequada.

roupa-de-festa-2

Além disso, há a força dos complementos. Um colete pode enaltecer uma produção, assim como um paletó de abotoamento duplo eleva uma simples calça com camiseta a uma máxima potência.

roupa-de-festa-esporte-fino-2

Pergunta

Vale tênis? Pense na roupa de festa como se ela fosse uma balança. Dependendo das peças que você escolher, dá para flexibilizar com tênis. Se usar com um costume, um paletó de abotoamento duplo, com uma roupa toda escura, tá tudo certo. 😉

3. Passeio Completo ou Social

Eis uma excelente oportunidade para você tirar do armário aquela sua camisa de punho duplo, com a abotoadura. Aqui, o ideal é um costume ou terno de cor escura, com gravata.

roupa-de-festa-5

Mas há outras maneiras de flexibilizar essa fórmula, adicionando sua assinatura pessoal.  Um paletó com padronagem e calça descombinada (nesse aí da foto uma calça preta é o ideal) ou uma camisa do que a gente chama de “gola padre”. Veja como uma roupa toda de um mesmo tom pode ficar muito, muito elegante.

roupa-de-festa-6

Pergunta

Dá pra prescindir da gravata? Bom.. De novo a história da balança. Uma vez que você retire a gravata, precisará dar “peso” a roupa, por meio de uma textura ou de um tecido mais nobre, além de caprichar nos complementos. Um bom lenço no bolso do paletó, uma camisa de punho duplo com abotoaduras ou uma cor sólida na parte interna do traje pode ser uma grande sacada.

LEIA TAMBÉM:  Saiba a diferença entre terno e costume

roupa-de-festa-7

Dá também para investir no clássico preto x branco, com colarinho fechado.

roupa-de-festa-6

4. Tenue de Soirée, Black Tie ou Rigor

Aqui não dá mesmo para escapar do Smoking. Por ser um traje de uso restrito, o smoking raramente frequenta o guarda-roupa masculino. Considerado o mais clássico dos trajes formais, foi originalmente utilizado por cavalheiros ingleses da Era Vitoriana para fumar charutos e evitar que o cheiro da fumaça atingisse outras roupas (daí o nome smoking, que vem de “smoke” que significa “fumar”). Curiosamente, este conjunto de paletó e calça pretos foi batizado de Tuxedo nos Estados Unidos, graças ao playboy Griswold Lorillard, que o vestiu pela primeira vez em um baile no Tuxedo Park Club. A roupa fez tanto sucesso que foi batizada com o nome do lugar.

roupa-de-festa-8

Se você não for uma grande fã da gravata borboleta, há a alternativa de usar o Smoking com uma gravata tradicional.

roupa-de-festa-10

A diferença entre o Summer Jacket (ou Dinner Jacket) e o Smoking

O Summer nada mais é que um conjunto de calça igual ao do Smoking (com a listra de cetim lateral), usado com um paletó branco, em vez de preto. É indicado para festas formais no verão e deve ser utilizado com gravata borboleta e faixa pretas.

dinner-jacket

Summer Jacket (ou Dinner Jacket) 

bradley-cooper-golden-globes

O Smoking Tradicional

Acessórios

O relógio acompanha a formalidade do traje. Prefira aqueles mais clássicos, de caixa estreita e pulseira de couro. Esqueça o Casio G-Shock moderníssimo ou Polar da sua aula de corrida com smoking ou ternos, sejam eles claros ou escuros.

Se for usar abotoaduras, prefira as de metal àquelas de seda, que são menos formais.

Vai  a uma Formatura ou Colação de Grau? Então, anote aí!

Não é porque você estará de Beca que pode aproveitar para prescindir da formalidade, até porque não ficará vestido assim a noite inteira. Opte por ternos ou costumes escuros, cinza ou azul marinho, com padrões discretos. Nos pés, a melhor escolha é um sapato tipo Oxford (com cadarços) ou um modelo de couro com fivela lateral (Monk Strap)

Antes da festa

O ideal é perceber o clima geral. Se você é formando e seus colegas pretendem aderir ao smoking, o que seria o correto, não fuja a regra. Mas se o clima for mesmo um pouco mais descontraído, escolha um traje escuro, com sapatos de amarrar confortáveis e uma gravata, que pode até ser slim, desde que acompanhada do costume (paletó + calça) ou do terno (paletó + calça + colete). Se você for o convidado, um telefonema para quem o convidou resolve a questão terno ou costume x Smoking.

Caso o terno ou costume ainda não faça parte do seu guarda-roupa, essa é uma ótima oportunidade para adquirí-lo. Por melhor que seja a loja de aluguel, ter seu próprio costume é um passo na direção da maturidade que todo homem deve experimentar.

Marcia Rocha

Márcia Rocha é consultora especializada em moda masculina, produtora e apaixonada por modas de homens e modos de mulher. É editor-in-chief do Mistermag, vive atrás de novidades, adora musica, livros, gatos e pistas de dança, não necessariamente nessa ordem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *