Modelos falam sobre o medo da calvície

Quase 100% dos homens morrem de medo de ficarem carecas. Porém muitos não sabem que é possível, com toda a tecnologia do século XXI,  retardar o processo da queda dos cabelos. Vários modelos que estavam no Capital Fashion Week admitiram o medo disso acontecer, principalmente pela profissão, que exige uma maior atenção à aparência.

Segundo  o hair designer Hélio Nakanishi, a oleosidade, a seborréia e as caspas são doenças que podem afetar a saúde do couro cabeludo, aumentando o número de fios que caem diariamente. Mas ele diz que a maioria desses problemas são internos. “ O mais importante é o estado emocional da pessoa. Excesso de trabalho, estresse e cansaço podem ocasionar dermatites no couro cabeludo, causando a seborréia”, explica.

Ele também ensina como o homem calvo pode voltar a ter cabelo sem ficar parecendo artificial. “A ciência já evoluiu muito em termos de calvície. Para uma pessoa que queira fazer um implante sem que os outros percebam o ideal é começar a fazê-lo assim que o cabelo começar a apresentar falhas e de 5 em 5 anos, pois assim será imperceptível que esta pessoa tenha implantado cabelo. Outra dica é o silicone para o couro cabeludo. Ele imita a cabeça de uma pessoa e o aspecto fica bem natural”, ensina.

Apesar disso, o problema é causado quase que 100% pela predisposição genética, que pode vir tanto da família paterna quanto materna.

O modelo da agência Win, Renan de Moraes, já se preocupa com o futuros de suas madeichas e diz que além disso, também já está de olho em uma futura barriga. “Já estou me cuidando para envelher bem, mas a saúde, com certeza, é minha maior preocupação”, diz.

O modelo da mesma agência, Guilherme Rossi concorda, e diz que além da careca, tem medo de ficar uma pessoa diferente. “Detesto velho ranzinza, morro de medo de ficar assim”, diz.

Mesmo assim, existem diversas mulheres que se atraem por um careca, que ficam estilosos  ao assumir a calvície e botar a cabeça à mostra após uma máquina zero, bem ao estilo Lex Luthor, pois, afinal, não deve ser à toa que dizem que é dos carecas que elas gostam mais.

Comente

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.