Tudo o que você precisa saber sobre depilação definitiva

A depilação masculina há muito tempo ganhou status de praticidade. Seja para alcançar um melhor desempenho nos esportes, pela estética ou por uma questão de higiene pessoal, livrar-se de pelos nas costas, peito, barriga e até mãos pode ser um grande alívio. Há diversos métodos para a retirada de pelos. Cera quente ou fria, depilação com lâminas de barbear ou máquina, mas vamos abordar aqui a depilação definitiva. Conversamos com o Dr. Rafael Nunes, cirurgião Plástico e doutor em laser pela Universidade de Los Angeles – CA e preparamos um guia com tudo o que você precisa saber sobre depilação definitiva ou a laser

1. Como é realizada a depilação definitiva?

Tecnicamente, o laser de diodo de 810 nm de comprimento de onda tem afinidade pela melanina (pigmento que dá cor ao pelo). Uma vez disparado na pele, o pelo (a melanina ) absorve essa luz, transformado energia luminosa em calor. Esse calor alcança temperaturas entre 55-60 Graus Celsius e é essa temperatura elevada que mata/destrói a célula germinativa, responsável por desenvolver o pelo.

2. Para que áreas o laser é mais indicado?

O laser pode ser utilizado em todas as áreas do corpo e a tecnologia disponível hoje, permite tratar todos os tipos de pele independente da cor.

3. Há algum perigo no uso do laser?

Como toda energia luminosa, o laser exige cuidados. O profissional que opera a tecnologia deve estar capacitado e ser habilitado, garantindo segurança aos pacientes e a eficácia do procedimento.

4. Como fica a pele após a primeira sessão?

De forma geral, a pele fica apenas levemente sensível. O uso de uma máscara calmante confere uma sensação refrescante e protege a superfície da pele.

5. É verdade que se eu usar descolorante, o laser não funciona?

Pacientes que utilizam “descolorantes” removem o pigmento que é fundamental para a eficiência da tecnologia.

6. A depilação a laser é mesmo para sempre?

É muito importante acabar com o “mito” de depilação definitiva. A depilação a laser é uma depilação de “longa duração” e uma vez encerrado um ciclo de sessões, que varia de seis a 10, orientamos os pacientes que retornem anualmente para uma sessão de “retoque”. Os resultados são surpreendentes e muitos dos pelos são eliminados, mas não existe “para sempre”. Alguns pacientes vão precisar de sessões de manutenção, porém mais de 80% acabam por passar anos e anos sem a necessidade dessa manutenção.

7. Como é a manutenção?

Uma sessão anual ou de dois em dois anos.

8. Durante o tratamento, posso me depilar?

Apenas o uso de lâmina é permitido. Qualquer método que “remova” o pelo por inteiro, como a depilação com cera, não pode ser realizado, já que elimina a chance de que a célula germinativa que está na “raiz” do pelo seja destruída.

9. Posso tomar sol após a sessão?

Toda vez que utilizamos uma energia luminosa ou calor sobre a pele devemos ser cuidadosos quanto a exposição solar, uma vez que essa pele já está sensibilizada. O ideal é evitar a exposição solar sete dias antes e sete dias depois do procedimento.

10. Qual o número mínimo de sessões? Por quê?

O número “mágico” de sessões não existe por acaso… O pelo cresce de acordo com um ciclo bem definido de fases de crescimento. Apenas os pelos no início do crescimento (fase anágena) são destruídos pelo laser. Como cerca de 10% a 15% dos pelos estão nessa fase, podemos dizer que são necessárias entre seis e 10 sessões para que seja obtido um resultado realmente satisfatório.

11. Se eu tiver poucos pelos, posso eliminá-los em uma só sessão?

Infelizmente não.

12. Que cuidados devo tomar antes e depois da sessão?

Hoje os cuidados são muito simples. Em centros que realmente possuem tecnologia de ponta e adequada as características da pele do brasileiro, com sua diversidade de cores, os cuidados são evitar a exposição solar e utilizar máscaras calmantes na pele após as sessões.

13. A pele negra é mais propensa ao aparecimento de manchas?

Modernamente podemos dizer que com tecnologia de ponta, esse não é mais um paradigma. Os novos lasers conferem segurança e eficácia ao tratamento de todas as tonalidades de peles, inclusive as negras.

14. Como posso escolher o melhor tipo de laser para a minha pele?

Esse é um tema muito importante. Lasers específicos para depilação estão disponíveis e garantem segurança ao tratamento. A internet é sempre uma ferramenta que ajuda os pacientes nessa busca, mas o ideal é procurar uma clínica credenciada, com profissionais igualmente credenciados e capacitados.

15. Laser é a mesma coisa que luz pulsada intensa?

Luz Pulsada é uma tecnologia antiga e que não consegue produzir resultados semelhantes ao laser, além de ser infinitamente não específica para a depilação. A luz pulsada apresenta diversas restrições quanto ao tratamento de pacientes com fototipos mais altos ou seja, pele mais escura, o que representa riscos de queimaduras e manchas. A depilação a laser é o método mais seguro e eficaz para o procedimento.

Serviço

dr-rafael-nunesDr. Rafael Nunes é cirurgião Plástico, membro da ASLMS (American Society for Laser Medicine and Surgery), AAD (American Academy of Dermatology), SBCP (Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica) e doutor em laser pela Universidade de Los Angeles – CA, e integrara equipe Dr. Laser.

 

 

Dr. Laser – Unidade Asa Norte
CLN 107 Bloco A Loja 03 – Brasília-DF
Fone: 61 3349-9774

3 comentários sobre “Tudo o que você precisa saber sobre depilação definitiva

Comente

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.