7 dicas para escolher vinhos como um expert

Em algum momento, a gente sempre se depara com aquele evento de última hora. Obviamente, quando você está apenas pegando uma garrafa em seu caminho para casa, o que vale mesmo é o que você gosta. Mas, quando não for esse o caso, essas 7 dicas vão te ajudar a escolher vinhos como um expert!

1. Quando você precisa comprar vinho a granel (em um supermercado ou loja especializada)

Se você está planejando uma festa do escritório ou uma farra com os amigos em casa, sua melhor aposta é comprar em quantidade, já que isso pode lhe garantir um bom desconto. A chave é encontrar um rótulo acessível, disponível e amplamente popular. Visite o seu comerciante de vinhos local e pergunte se você pode prová-lo. Tenha em mente que em se tratando de um grupo, com diversas personalidades e gostos, é quase impossível agradar a todos. Escolher vinhos tintos e algumas garrafas de branco é uma maneira de ajudar a evitar decepções. Mas… você conhece as uvas? Se não, a gente está aqui para isso mesmo!!!! Vamos a uma passada básica por elas!

Cabernet Sauvignon – o carro chefe e a mais internacional das uvas. Originária do sudoeste da França, é também conhecida como “a rainha das uvas tintas”. Encontrada em zonas de temperatura mais quente, possui sabor encorpado, cor profunda e complexos aromas de frutos como ameixa, cassis e pimentão verde

Pinot Noir – não pertence mais somente à região do sudoeste da França. É uma uva sedutora, temperamental e magnífica. Saborosa e bastante aromática

Shiraz – com essa você tem tudo o que deseja: colorido, notas de pimenta, amoras pretas e cassis, além de pitadas de chocolate, casca de laranja e ameixa

Merlot – amiga para (quase) toda hora. O vinho dessa qualidade de uvas é encorpado e apresenta uma cor vermelho-púrpura. Seus aromas são densos e o paladar é rico, macio e de grande classe

Malbec – Uma variedade que, apesar de ser produzida na França, vem sendo muito utilizada pelos argentinos. Destila aromas de amora e violeta, e acompanha muito bem um churrasco (pasme!)

Chardonnay – uva a partir da qual é fabricado o vinho branco de qualidade. “A onipresente espécie de uva oscila de fabulosa a desonesta, dependendo do produtor. Possui sabor mais ou menos acentuado de frutas tropicais ou melão maduro.

2. Fique atento às safras

Tintos mais básicos, e principalmente os rosés e grande parte dos brancos devem ser servidos jovens, em no máximo três a quatro anos (há sempre muita desova de rosés nestas promoções…)

3. Não compre por impulso

Como a maior parte das ofertas são de safras mais antigas, pergunte ao lojista se se trata de um vinho com potencial de guarda (geralmente mais caros), se não for, planeje a compra para consumo rápido, principalmente os brancos.

4. Experimente sempre que puder

Encontrou um preço de um vinho que é uma barbada e que pode resolver sua vida no dia-a-dia e vale investir numa caixa? Experimente antes. Se a loja não tiver uma amostra, compre uma garrafa, prove em casa e decida sobre a compra de um maior volume de rótulos com segurança, ou você pode ter 12 garrafas de vinagre muito caro para temperar a salada por todo o ano.

5. Preste atenção na rolha

Verifique o estado de conservação da cápsula e da rolha. A cortiça saltada é indicativo de problemas na qualidade da bebida.

6. Observe se a garrafa está bem cheia

Um espaço livre muito grande entre a rolha e o líquido é sinal de vazamento que provavelmente levará o vinho a um processo de oxidação. Dispense já!

7. Cheque a cor do vinho, principalmente os brancos das safras mais antigas

Uma cor amarelo-escura pode indicar oxidação; se estiver na cor âmbar, evite. Um tinto de safra recente de cor alaranjada – uma característica dos tintos mais evoluídos – também é sinal de problema. Se a safra do tinto for mais antiga – e principalmente se for um vinho de guarda – é sinal de evolução. Aí depende de seu apreço por vinhos envelhecidos.

Pronto!!! Agora você já pode aproveitar as melhores pechinchas e ainda arrasar nas festinhas por aí!!

Comente

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.